Virtualização não mediada de servidores

Procedimentos de virtualização compilados no núcleo

A diferença mais importante entre os Servidores Privados Virtuais KVM e a maior parte dos servidores virtuais consiste no próprio método de virtualização. Graças aos Servidores KVM, não é necessário executar no servidor qualquer outro aplicativo de virtualização- em vez disso os procedimentos do software que se precisam estão sendo compiladas como uma parte indivisível do SO do host. Isto é uma abordagem que diminui significativamente os recursos que o servidor tem de reservar a fim de executar programas adicionais de maneira que estes recursos ficam disponíveis em benefício às máquinas hóspedes. O fato de excluir esta camada adicional de comunicação além disso reduz o tempo de atraso de entrada/saída, aumentando efetivamente a celeridade do Servidor VPS.
Virtualização não mediada de servidores

Muito melhor utilização das capacidades

Alocações do servidor à vossa disposição

Com a eliminação da sobrecarga de contar mais uma camada de virtualização por onde se dirige o tráfego de dados até chegar ao servidor mestre, os KVM VPS podem disfrutar de uma utilização aperfeiçoada dos recursos de servidor. Os procedimentos de virtualização KVM compilam-se diretamente no kernel do sistema operacional da máquina anfitriã, ou seja o conjunto de Servidores Privados Virtuais KVM interagem com o servidor físico de forma direta. A tal reduzida redundância de comunicação aporta ao nível de prestações muito mais elevado, frente a as demais tecnologias de virtualização.
Muito melhor utilização das capacidades

Pleno controle no que se refere ao SO

Liberdade absoluta para instalar qualquer sistema operacional que desejar

Um dos desperfeitos dos Servidores VPS, frente aos servidores reservados é o sistema operacional em si – normalmente só é possível optar por um dos sistemas operacionais na lista do provedor. Através de um KVM VPS, no entanto, você pode carregar quase qualquer SO suportado pelo seu servidor, assim como pelo hardware do servidor mestre. Uma configuração assim pode ser real devido à maneira única em que a virtualização KVM funciona. KVM é um componente indivisível do sistema operacional do anfitrião, fazendo com que as máquinas de convidado mantenham a comunicação diretamente com e o hardware, sem a necessidade de uma camada adicional de comunicação, que existe em muitas outras soluções de virtualização.
Pleno controle no que se refere ao SO
  • Centro de Dados em EUA
  • Centro de Dados em EUA

    Steadfast, Chicago, IL